UNICEF e Visão Mundial promovem encontro presencial do Selo UNICEF no Acre


Em muitos municípios, a dificuldade de conexão com a internet impede a participação assídua de seus representantes nos eventos virtuais. Segundo Débora Nandja, chefe do escritório do UNICEF em Manaus, o encontro é a oportunidade de fortalecer as ações em um dos estados da Amazônia que mais sofre com internet precária. “Desenvolver ações à distância no estado do Acre é um grande desafio para o UNICEF e seus parceiros.


Diante disso, para atender à necessidade relatada pelos articuladores, a Visão Mundial, nossos parceiros técnicos realizaram o encontro presencial na capital acriana.


“Estamos ansiosos para que em breve o UNICEF também possa estar presente nos estados para realizar as capacitações aos municípios”, reforça Débora.


Para o prefeito de Rio Branco e presidente da Associação dos Municípios do Acre (AMAC), Tião Bocalom, a participação e o apoio para a realização do evento marca o compromisso assumido pela prefeitura em garantir o desenvolvimento de políticas públicas eficazes para a infância e adolescência.


“O município de Rio Branco tem um bom histórico dentro do Selo UNICEF. Na última edição, a capital foi certificada e continuamos trabalhando em prol de nossas crianças e adolescentes na certeza de que o Selo UNICEF virá como reconhecimento deste compromisso”, declara o gestor municipal.


Entre as equipes locais a expectativa é grande para este momento.


Segundo Cleudon França, mobilizador estadual da Visão Mundial no Acre e articulador do Selo UNICEF no município de Marechal Thaumaturgo, o encontro deve ser um divisor de águas nesses primeiros meses da edição.


“Nesse novo ciclo, há muitas novidades e os municípios ainda possuem dúvidas em relação à execução das tarefas. O contato presencial, o atendimento individualizado e o compartilhamento de experiências fortalecerão as equipes participantes”.


A articuladora Jeane Pereira do município de Tarauacá compartilha desta visão. Há duas semanas Jeane assumiu a articulação do Selo UNICEF no município e desde então tem buscado desenvolver as ações da iniciativa.


“Eu tenho muitas expectativas para esse encontro, entre elas a troca de experiências, especialmente no que diz respeito à Busca Ativa Escolar”, declara.


A programação do evento foi elaborada para apresentação dos principais pontos da metodologia e revisão das orientações já disponibilizadas por meio dos aulões virtuais realizados entre outubro e novembro de 2021, no canal do UNICEF Brasil.


“Nós estamos levando todos os aulões virtuais. Nosso objetivo é promover uma rápida imersão nas atividades prioritárias neste momento, tais como a realização do 1º Fórum Comunitário, a criação dos Núcleos de Cidadania de Adolescentes, a operação da plataforma Busca Ativa Escolar e da Plataforma Crescendo Juntos (PCJ) e a realização dos cursos EAD de prevenção à covid-19 nas unidades de saúde e nas escolas”, explica a coordenadora do Selo UNICEF na Visão Mundial, Maria Bezerra.


Participou do evento a secretária de Assistência Social, Camilia Figueiredo e representantes da saúde e Educação de Tarauacá.



Por UNICEF/BRZ/ Elizabeth Cavalcante.