...
 

Tarauacá: campanha sinal vermelho é lançada no município - combate e prevenção à violência doméstica


O Governo do Estado do Acre, por meio da Secretaria de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) e Secretaria de Assistência Social dos Direitos Humanos e das Políticas para as Mulheres (SEASDHM), realizou nesta nesta terça-feira, 15 de março em Tarauacá, o lançamento da Campanha Sinal Sinal Vermelho, por meio da promulgação da Lei Estadual n 2736, de 25 de maio de 2021, instituiu o Programa de Cooperação e o Código Sinal Vermelho no Estado, visando o combate e a prevenção à violência doméstica. O evento de lançamento da campanha ocorreu O ato de lançamento iniciou às 10 horas, foi realizado no auditório do IFAC.


A ideia central é que a mulher consiga pedir ajuda em farmácias, órgãos públicos e agências bancárias com um sinal vermelho desenhado na palma da mão.


A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) firmou parceria com a Secretaria de Estado de Assistência Social, Direitos Humanos e de políticas para as mulheres (SEASDHM), bem como com o Ministério Público do Estado do Acre (MP-AC), através de celebração de Termo de Cooperação Técnica, para promoção de capacitação de funcionários de restaurantes, bares, hotéis, farmácias e afins, no sentido de instruí-los no proceder de ajuda e acolhimento às vítimas.

A prefeita Maria Lucinéia esteve presente no evento juntamente com sua equipe e falou sobre a campanha.


"Participei nesta terça-feira, 15, do lançamento da campanha Sinal Vermelho contra a violência doméstica. A campanha tem como propósito prevenir e combater a violência contra a mulher, visando instruir funcionários de órgãos e estabelecimentos como bares, farmácias e restaurantes a atuar em casos de violência praticado contra mulheres, seja violência física ou psicológica" disse.


A Secretária de Segurança Pública em exercício, Delegada Márdia El Shawwa, representou o Governo do Estado no evento e destacou que a campanha Sinal Vermelho tem um papel importante no combate à violência contra a mulher.


"A campanha chama a atenção e envolve espaços públicos e privados para que compreendam que quando uma mulher mostrar esse sinal na palma mão, esse "X" vermelho, ela está correndo perigo e está fazendo o pedido silencioso de socorro", declarou.


Estiveram presentes no lançamento, o promotor de Justiça de Feijó Dr Rafael Maciel da Silva, a Promotora de Justiça Criminal de Tarauacá, Luana Diniz Lírio Maciel, Coronel Ulisses Diretor de Segurança Pública do Acre, representantes militares, secretários municipais e representantes de órgão do governo do estado e da prefeitura.



Com informações, Agência/Acre

Fotos: Assecom Prefeitura Tarauacá