Secretaria de Educação realiza diagnose referente ao programa Alfaletrar aplicado na rede municipal


A Prefeitura de Tarauacá, através da Secretaria de Educação, realiza o acompanhamento e a execução do Programa Alfaletrar nas unidades escolares municipais, analisando os níveis de conhecimento dos alunos para auxílio na recomposição da aprendizagem.

A equipe formada pelos assessores: Cativânia Lima, Juliano Nascimento, Edilene Oliveira, Cleuma Rocha, Clícia Mara, Maria José, sob a coordenação de Elivângela Machado que é coordenadora do programa em Tarauacá, trabalha para recompor a aprendizagem dos educandos de 1º ao 5º ano do ensino fundamental I.


As escolas do município são avaliadas bimestralmente, sob os olhares atentos do Departamento de Ensino que anota todos os detalhes para posterior reavaliação do que está sendo ofertado no ensino. Vale ressaltar que as escolas avaliadas, estão com bons índices de aproveitamento na aprendizagem da criança.

Para a secretária de Educação, Maria Lucicléia Nery, o programa tem suas etapas a serem cumpridas e acompanhadas até o final de sua aplicação. “Queremos desenvolver as habilidades fundamentais da criança. Queremos lhes oferecer o melhor da educação e sua aprendizagem depende de cada um de nós. Desde seu início, o Alfaletrar, têm mudado a realidade da aprendizagem de nossas crianças”, afirmou.

Para Elivângela Machado, é uma responsabilidade enorme acompanhar a aprendizagem das crianças. “A equipe de coordenação do ‘Alfaletrar’, está acompanhando de perto a evolução do conhecimento e aprendizagens adquiridos pelos educandos. Sempre trabalhando para que os alunos adquiram todos os objetivos traçados pela equipe, desde o início do Programa”, destacou a coordenadora.

Outros trabalhos estão em constante andamento na secretaria, como: Formações pedagógicas com professores da Educação do Campo, alinhamento com equipe de assessores pedagógico rurais e urbano, revisão dos pontos positivos e negativos detectados na viagens, comemoração dia das criança na comunidade do Boto BR 364 e Sacado no rio Tarauacá e reuniões com pais e responsáveis pelos alunos da Escola Aurelino Pereira de Brito – Anexo I BR 364 (Projeto Taquari);