...
 

Secretaria de Educação, realiza a II oficina pedagógica do Alfaletrar em Tarauacá


A Secretaria Municipal de Educação de Tarauacá, realiza na manhã desta quinta-feira (21), a II Capacitação do Programa Alfaletrar para coordenadores e professores das escolas municipais tarauacaense, com o tema: “Educação: A nossa bandeira”. A formação acontece no saguão do salão paroquial da Igreja de São José.


Trabalhando com os professores atividades lúdica para a prática da sala de aula. A oficina está sendo oferecida para os professores que estão no contra turno apoio Pedagógico .Será um dia de formação a esses professores para melhorar o ensino na rede Municipal de Ensino.


A oficina é coordenada pela Coordenadora do Programa Alfaletrar Elivangela Machado e a supervisão da formadora Maria José e a equipe de apoio Pedagógico: Clelma Rocha, Juliano Nascimento, Edilene Oliveira, Carlos Abreu, Adenísia Figueiredo e Maria José de Lima.

A secretária de Educação Maria Lucicléia Nery, ressalta que todo trabalho é importante para a alfabetização dos educandos de Tarauacá. Como dizia o filosofo alemão Immanuel Kant: “O ser humano é aquilo que a educação faz dele”. “Nosso trabalho é todo voltado para a alfabetização de nossas crianças de Tarauacá. Sou apaixonada pela educação infantil. Precisamos olhar a criança como se fosse nosso filho. Só assim vamos ter uma educação de qualidade em nosso município de Tarauacá”, comentou a secretária de educação Maria Lucicléia Nery.


Para a coordenadora do Programa Alfaletrar Elivângela Machado, é sempre importante promover essas oficinas. “São elas que nortearão os professores na educação de cada criança. As oficinas dão condições para que cada educando aprenda com qualidade no momento de cada uma aprender”. Afirmou a coordenadora.

A capacitação é realizada pela equipe de ensino da secretaria de Educação de Tarauacá. Além de contar com vários coordenadores de ensino da rede Municipal do Município tarauacaense.


Para Freire, o ato de educar é capaz de transformar pessoas para que elas transformem mundo, é o equilíbrio entre dar a liberdade e proporcionar possibilidades para que os educandos desenvolvam suas habilidades e se construam coletivamente como pessoa, sem os deixar soltos e abandonados sem princípios morais. O educador amoroso é zeloso de sua autoridade sem ser autoritário e nem licencioso, isto é, não deixa o aluno fazer o que quer, mas não impõe um modo de ser impossível à sua natureza. (Letícia Fucuhara).









Por: Flávio Santos-Assecom.