...
 

Secretaria de Cultura e Turismo se reúne com representantes do Conselho Municipal de Cultura


A reunião mensal do Conselho Municipal de Cultura acontece nesta sexta-feira (13), às 08h, na Câmara de Vereadores de Tarauacá. A convocação é feita pela Secretaria de Cultura e presidente do CMPC (Conselho Municipal de Política Cultural) José Ivonaldo Benígno Gomes e foi aberta a população, para acompanhamento das pautas debatidas entre os conselheiros, representantes do poder público e da sociedade civil organizada, dentre outros segmentos.


Em pauta, a ativação do referido conselho CMPC para reiniciar posteriores trabalhos relacionados à vida cultural de Tarauacá, escolha para substituição de membros não ativos, leitura e apresentação do plano anual de cultura de Tarauacá, definição da pauta da próxima reunião e assuntos gerais.

O Conselho retoma suas atividades após uma longa pausa decorrente da alienação do poder público do município. O Decreto que instituiu o CMPC foi promulgado em 18/dezembro de 2014 pelo então, prefeito Chagas Batista.Assim sendo, nomeando também os conselheiros. O Decreto foi de número 096/2014. Agora, a formação do novo conselho irá para nomeação da prefeita de Tarauacá Maria Lucinéia, e posteriormente para o diário oficial.

Estiveram presentes: Michael Kelvin, Natan Silva, Maria Célia Nascimento, Maria de Jesus Mourão, Maria Nobre, Maria Janieire, Gleyce Caxinawá, Katrícia Kaxinawá, Flávio Santos, ÁLison Oliveira, Thais Freire, Reinaldo Jacó, Paulo Freitas.

José Ivonaldo abriu o encontro falando do fazer cultural de Tarauacá: “Precisamos definir o que é cultura e o que não é. Temos que ter investimentos na área e fazer com que nossa população usufrua de toda nossa cultura. Há muito tempo enfrentamos vários governos que nada tem haver com cultura e não investem nada para fomentar tal área de atuação”. Afirmou o presidente.

Para o secretário de Cultura Geânia Maria Portela, as reuniões do conselho são de extrema importância. “Os conselhos são uma obrigação da democracia conquistada com muita luta e devem seguir com seus trabalhos em Tarauacá. Não se cansem, precisamos de cada um de vocês para fazer movimento cultural em nosso município. Faremos o que for preciso para cuidar e fazer com quê apoiemos cada fazedor de cultura e desenvolver ações culturais para valorizarmos cada trabalho”, comentou.



Fonte: Blog do Kbym.