top of page

Secretária de Educação participa de encontro com pais de crianças autistas, promovido pela AFAT


Por: Flávio Santos-Assecom


A Secretária de Educação Maria Lucicléia Nery de Lima, participou de encontro importante realizado pela Associação das Famílias com Crianças Autistas em Tarauacá (AFAT).


O objetivo do encontro, que foi solicitado pela associação, e partiu da necessidade de tratarem sobre alguns questionamentos em relação à demanda e atendimento fornecido pelos profissionais que trabalham nesta área em Tarauacá.


O momento de abertura de diálogo foi de suma importância para os participantes, tendo em vista que puderam abrir uma conversa franca e necessária sobre as suas reais preocupações.

A iniciativa é da Associação, apoiada pela Secretaria de Educação que acompanha sempre as unidades escolares, e que também é uma forma de ouvir as demandas para melhor atender e ampliar a qualidade de vida e o cotidiano dos alunos atendidos pela rede de apoio.


Este encontro contou com a presença do Presidente da AFAT Fandermiller Freitas, da Secretaria de Educação Maria Lucicléia, Psicóloga Bruna Tiago, Assessor Jurídico da prefeitura Dr. Luan Cavalcante, coordenadora do AEE Angeliane Melo e outros presentes.

A Secretaria de Educação Maria Lucicléia, enfatiza que a educação é responsabilidade de todos. “Estamos sempre de mãos dadas com nossas crianças, nossa população tarauacaense, para promover a inclusão de todos, Somos parceiros: SEME e AFAT caminham juntas, conscientizando a todos acerca do tema proposto”. Enfatizou.


A psicóloga Bruna Tiago Pessoa da Rocha, explana que foi importante a conversa para tranquilizar os pais e explicar como é o acolhimento dos educandos ao início do ano na escola. “Os mediadores são parte do ensino/aprendizagem do aluno na escola. Auxiliando as crianças a ampliar suas habilidades motoras e cognitivas. Somente assim, desenvolverão suas capacidades intelectuais por completo durante toda sua vida”. Observou a psicóloga.

Foi realizada uma dinâmica, sensibilizando os pais para ressignificar o momento que eles estão vivenciando com seus filhos em casa e no ambiente escolar. O momento foi importante para unir os pais e auxiliar na condução dos trabalhos.


Para Angeliane Melo (Coordenadora do AEE), foi importante o encontro com os pais de alunos e Associação. “Falamos da importância do apoio da família e escola, no desenvolvimento da criança com TEA, expondo para eles que devem estar sempre atentos, com um olhar peculiar relacionados aos avanços, e retrocessos da criança em seu ambiente familiar e escolar”.


Na ocasião, esteve presente o Dr. Luan Cavalcante, que teve a função de esclarecer todas as dúvidas jurídicas dos presentes. Ressaltou que a discussão e debate dá veracidade aos fatos e faz com que todos conheçam o processo.


O transtorno do espectro autista (TEA) é um distúrbio do neuro desenvolvimento caracterizado por desenvolvimento atípico, manifestações comportamentais, déficits na comunicação e na interação social, padrões de comportamentos repetitivos e estereotipados, podendo apresentar um repertório restrito de interesses e atividades. (TEA).








Comments


bottom of page