top of page

Saúde municipal receberá van e ambulâncias

Reginaldo Palazzo


A prefeitura de Tarauacá através dos trabalhos em conjunto da Secretaria de Planejamento (SEPLAN) e Comissão Permanente de Licitação (CPL) irá licitar para a Secretaria Municipal de Saúde antes do final do mês de abril duas ambulâncias, uma tipo furgão e a outra tipo furgoneta. Além dessas ambulâncias o município também será agraciado com uma Van.

Essas duas ambulâncias são oriundas de ‘Emenda parlamentar’ de 2017 do então Senador Gladson Cameli, hoje Governador do Estado do Acre.


Além dessas ambulâncias e não menos importante devido trazer alto-estima a alguns cidadãos tarauacaenses, será licitado próteses dentárias pelo programa Brasil Sorridente.


O Programa


O Programa já contempla cidadãos brasileiros há 17 anos. Criado em 2004, o programa tem modificado a vida de milhões de brasileiros por meio do acesso a serviços odontológicos de forma gratuita no Sistema Único de Saúde (SUS). Esses serviços são ofertados em Unidades de Saúde Família (USF)/Postos de Saúde, Unidades Odontológicas Móveis (UOM), Centros de Especialidades Odontológicas (CEO) e hospitais. Além desses serviços, o Brasil Sorridente conta com Laboratórios Regionais de Prótese Dentária (LRPD), que colaboram com a confecção laboratorial de próteses dentárias, servindo de apoio para USF, UOM e CEO.


O Brasil Sorridente tem interface com diversas ações e programas do Ministério da Saúde, como o Brasil Sorridente Indígena, Programa Saúde na Escola, Plano Nacional para Pessoas com Deficiência, Convenção de Minamata e Fluoretação das Águas de Abastecimento Público, entre outras. Além disso, o programa coopera com ações para a qualificação profissional e científica dos profissionais e para a educação em saúde da população.


“Essas viaturas chegam em boa hora, primeiro porque os pacientes que têm que se tratar em Rio Branco e Cruzeiro do Sul, municípios que mais enviamos tarauacaenses para tratamentos específicos com teste de suor infantil e HOSMAC, só para citar dois exemplos, terão melhor conforto durante a viagem. Já a questão das ambulâncias não podemos nem mensurar a importância dessa chegada devido a importância que elas terão nessa pandemia que hora vivemos”. Disse o Secretário Aderlândio França.

Comments


bottom of page