Prefeitura inicia ações do ‘Agosto Lilás’ no enfrentamento à violência contra a mulher


Agosto Lilás: Campanha de conscientização pelo fim da violência contra a mulher.

Segundo o art. 5º da Lei Maria da Penha, violência doméstica e familiar contra a mulher é “qualquer ação ou omissão baseada no gênero que lhe cause morte, lesão, sofrimento físico, sexual ou psicológico e dano moral ou patrimonial”.


Há 16 anos era sancionada no Brasil a Lei Maria da Penha, mais precisamente em 7 de agosto de 2006, considerada pela Organização das Nações Unidas (ONU) uma das três leis mais avançadas do mundo e que tipificou os crimes cometidos contra as mulheres.


O Agosto Lilás é uma celebração a esta importante data e um movimento de conscientização para toda a sociedade sobre os tristes dados estatísticos que ainda são realidade. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil tem a quinta maior taxa de feminicídios do mundo, onde uma mulher é assassinada a cada duas horas.


Esse quadro tem se agravado com a pandemia. De acordo com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, a violência doméstica aumentou 44,9% neste período de distanciamento social, em que as mulheres em situação de violência são obrigadas a conviver em casa com seus próprios agressores.


As mulheres em situação de violência muitas vezes sofrem caladas pois têm medo de não conseguir sustentar os filhos sozinhas ou de encontrar ajuda para denunciar. “Há uma dependência financeira e emocional em relação ao seu companheiro agressor.


O mês de agosto é realizadas várias atividades com o objetivo de chamar a atenção da sociedade pelo fim da violência contra mulher.