Prefeitura de Tarauacá realiza I encontro formativo da Educação Especial


A Prefeitura Municipal de Tarauacá, por meio da Secretaria de Educação realizou no Auditório do SINTEAC, o I Encontro Formativo da Educação Especial: Práticas Educacionais Inclusivas.


A educação escolar de qualidade objetiva-se em prover o desenvolvimento de habilidades humanas nos indivíduos em seu ambiente escolar, proporcionando-lhes múltiplas aprendizagens, capacitando-os à vivência social e ao exercício da sua plena cidadania.


Assim, esses encontros servem para que tal progresso ocorra, sendo necessário oportunizar o acesso ao conhecimento de todos através de metodologias didático-pedagógicas compatíveis com o estágio cognitivo, uma vez que cada aluno possui suas especificidades quanto ao nível intelectivo, ou seja, há aqueles assimilam os conteúdos com maior facilidade, outros, possuem dificuldades de compreensão, principalmente na fase da alfabetização.

Para a secretaria Lucicléia Nery, se busca propiciar reflexões acerca de práticas pedagógicas mais inovadoras. “Estamos trabalhando com uma educação inclusiva e de qualidade, oportunizando a todos educandos tarauacaenses. Portanto, foi realizado o 1º Encontro de Formação Continuada da Educação Especial e Inclusiva em nosso município, a fim de auxiliar os professores na teoria e prática na sala de aula”.


Para a professora Angeliane Melo (Coordenadora da Educação Especial da SEME), outros eventos formativos decorrerão ao transcorrer do ano letivo. “Estamos visando prover diálogos e discussões acerca dessa e de outras temáticas imprescindíveis ao melhoramento do desempenho escolar das crianças. Esse é o nosso principal objetivo”. Afirmou a coordenadora.


Vale ressaltar que na educação especial, o ensino é totalmente voltado para alunos com deficiência. Já na educação inclusiva, todos os alunos com e sem deficiência têm a oportunidade de conviverem e aprenderem juntos. A ideia da inclusão é mais do que somente garantir o acesso à entrada de alunos nas instituições de ensino.


O que diz a LDB sobre a educação especial? A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), no 9.394/96 (Brasil, 1996), no Capítulo III, art. 4º, inciso III, diz que é dever do Estado garantir o “atendimento educacional especializado gratuito aos educandos com necessidades especiais, preferencialmente na rede regular de ensino”.

O evento aconteceu entre uma parceria da SEE (Secretaria de Educação Estadual) e SEME (Secretaria de Educação de Tarauacá). Com participação da coordenadora do departamento de divisão de ensino especial de Rio Branco, Chirle Lessa que enalteceu o encontro. “Foi um grande passo dado na educação especial de Tarauacá. A Educação Especial e Inclusiva busca promover o encontro entre todos os estudantes, quaisquer sejam suas origens, repertórios e especificidades. Assim, a educação aproxima os alunos, de forma que aprendam a lidar com o diferente com mais empatia e espírito de colaboração em seu ambiente escolar”. Salientou a coordenadora.








Por: Flávio Santos -ASSECOM.