top of page

Prefeita Maria Lucinéia pede ao Ministro da Previdência mutirão de atendimentos do INSS com perícia


A prefeita Maria Lucinéia teve um importante encontro ontem, quinta-feira, 13, com o ministro da Previdência, Carlos Lupi, na busca por soluções para um problema que tem afetado diretamente a população de nossa cidade. O objetivo da reunião foi solicitar um mutirão de atendimentos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) com a presença de peritos.

A demanda por atendimentos previdenciários tem aumentado consideravelmente nos últimos meses na cidade, e a falta de peritos tem gerado longas filas de espera e atrasos nos pagamentos dos benefícios. Consciente desse cenário preocupante, a prefeita Maria Lucinéia tomou a iniciativa de buscar ajuda no governo federal.

Durante o encontro, a prefeita expôs ao ministro a situação delicada em que se encontra a população, sobretudo os idosos e pessoas com deficiência que dependem dos benefícios previdenciários para sua subsistência. Segundo ela, muitos têm encontrado dificuldades para realizar a perícia necessária para a concessão ou renovação de seus benefícios, devido à escassez de peritos disponíveis.


Carlos Lupi, por sua vez, demonstrou preocupação com a situação e afirmou estar ciente dos desafios enfrentados pelo INSS em todo o país. O ministro ressaltou que a falta de peritos é um problema estrutural e que o governo está empenhado em encontrar soluções para resolver esse impasse o mais rápido possível.


Diante desse cenário, a gestora apresentou sua proposta de realizar um mutirão de atendimentos do INSS na cidade, com a convocação de peritos. Essa medida, segundo ela, ajudaria a diminuir o tempo de espera dos segurados e garantiria um atendimento mais ágil e eficiente.


“Quero agradecer o ministro pela receptividade e por se comprometer em levar essa situação ao presidente do INSS. Busco esse apoio para a realização desse mutirão o mais breve possível. É necessário unir esforços em prol da população e buscar alternativas que assegurem o acesso aos direitos previdenciários de forma digna e eficaz”, afirma.


Comments


bottom of page