Prefeita Maria Lucinéia participa de reunião no MDR para tratar da questão do aterro sanitário


Seguindo em agenda em Brasília, a prefeita de Tarauacá, Maria Lucinéia, participou na manhã desta quinta-feira, 10, de uma agenda com os demais colegas prefeitos no Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) para tratar da questão da política pública de aterro sanitário.


O aterro sanitário é uma obra desenhada única e exclusivamente com o intuito de fazer o tratamento e a decomposição final de resíduos (lixo) da maneira mais “saudável” possível.


No Estado, apenas Rio Branco tem um aterro sanitário em razão do volume do orçamento que permite que o município institua uma política pública de meio ambiente, situação que não se aplica aos demais 21 municípios do Estado, que estão engessados financeiramente.


“Esse encontro serviu para tratar sobre a melhor forma da nossa cidade resolver esse problema, que está diretamente ligado à saúde pública. Essa reunião em Brasília serve para buscar uma dotação orçamentária para a implantação do aterro”, afirmou a gestora.