top of page

Grupo reflexivo passa a contar com sala ampla para atender autores de violência contra a mulher


A Prefeitura de Tarauacá, em parceria com o Ministério Público, o Tribunal de Justiça e a Delegacia de Polícia Civil, entregou nesta terça-feira, 9, a sala do grupo reflexivo para homens que serão tratados para não reincidir na violência contra a mulher.


O espaço, cedido pela delegacia de polícia, será destinado ao atendimento de homens acusados de violência doméstica. O objetivo é proporcionar um ambiente adequado para o acolhimento, reflexão, orientação e acompanhamento dos homens em situação de violência doméstica, buscando reduzir a violência contra a mulher no município.


A sala conta com uma equipe multidisciplinar, composta por psicólogos, assistentes sociais e técnicos em direitos humanos, que irão desenvolver atividades para auxiliar esses homens a superarem suas dificuldades emocionais e comportamentais, com o objetivo de evitar que eles reincidam no comportamento violento.


"Essa sala é um importante espaço onde para a nossa equipe multidisciplinar com os homens. O objetivo é que os homens que praticam violência contra a mulher possam refletir sobre suas atitudes e entender que elas não são aceitáveis. Queremos que eles compreendam que é possível mudar", afirmou a gestora de Tarauacá, Maria Lucinéia.


A iniciativa é uma importante conquista para as mulheres que sofrem com a violência doméstica e para toda a sociedade, que clama por medidas efetivas no combate à violência de gênero.


Comentarios


bottom of page