top of page

Equipe da Saúde e da Educação participam de encontro pela garantia da imunização em Tarauacá



A secretária de Educação Tarauacá, Maria Lucicléia Nery e a coordenadora de Imunização Francinez Correia, estão representando Tarauacá no encontro dos municípios com o Selo UNICEF para garantia da imunização da primeira infância.


O evento contou com articuladores que participam com o Selo UNICEF nos municípios acreanos, se articulando em capacitações com representantes do UNICEF e responsáveis.

O 1º Encontro da Busca Ativa Vacinal (BAV) e Plano Municipal pela Primeira Infância, conta com os 21 municípios do estado do Acre na edição 21/22, em Cruzeiro do Sul/Ac, tendo início na quarta-feira (30/11). O encontro é promovido pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), em parceria com a Visão Mundial, organização implementadora do Selo UNICEF no Acre.


Segundo a secretária, Maria Lucicléia Nery, é necessário que a cobertura vacinal seja elevada acima dos 90%, combatendo doenças como: Sarampo, Caxumba, Rubéola e Poliomielite.


“Estamos trabalhando para alcançarmos as metas determinadas pela Organização Mundial da Saúde e pelo Programa Nacional de Imunizações. Cuidar de nossas crianças, é cuidar do desenvolvimento de seu futuro, garantindo a proteção necessária de seus direitos”, explanou.


A coordenadora Francinez Correia destacou a importância da imunização no ambiente escolar. Dados do Ministério da Saúde do Brasil demonstram o declínio significativo na cobertura vacinal de menores de cinco anos em todo o Brasil nos últimos anos e agravada durante a pandemia de covid-19.


Como consequência, foram registrados casos de sarampo e estima-se que a poliomielite, doença que causa a paralisia infantil, também corre o risco de voltar ao país. (conasems.org.br).


Busca Ativa Vacinal (BAV) - A BAV promoverá ações práticas para facilitar o aumento das coberturas vacinais, capacitando os profissionais de saúde, educação e assistência social, e sensibilizando as famílias quanto à importância da vacinação. Trata-se de uma metodologia de atuação intersetorial e que disponibiliza uma plataforma tecnológica inovadora e gratuita para apoiar os governos locais na identificação, registro, vacinação e monitoramento de crianças não imunizadas ou em risco de não receberem vacinas. (conasems.org.br).

Comments


bottom of page