top of page

Em reunião com a Sesacre, secretário de saúde de Tarauacá pede construção de centro de hemodiálise


O secretário de saúde do município de Tarauacá, Mackenz Oliveira, esteve na última quinta-feira, 19, participando da primeira reunião do ano do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Acre (Cosems), em Rio Branco.


A reunião teve o objetivo de fortalecer a gestão do Sistema Único de Saúde (SUS) em todo o estado e ouvir as principais demandas de cada município apresentadas à nova equipe da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre).


No encontro que ocorreu na sede da AMAC, o gestor levou pautas como assistência às pessoas com transtorno do espectro autista (TEA), os serviços em saúde mental e o transporte intermunicipal de pacientes, problemáticas que vêm sendo cuidadas apenas pela Prefeitura de Tarauacá.


Na reunião, o gestor Mackenzie Oliveira pediu mais apoio a causa da TEA e a construção de um Centro de Hemodiálise em Tarauacá, já que muitos pacientes se deslocam do município a Cruzeiro do Sul, com relatos de dificuldades em razão da falta de trafegabilidade da BR-364.


“Essa reunião serviu para que apresentássemos como município as nossas reivindicações a Sesacre. Somos o único município que tem um Centrin que cuida das pessoas com TEA, sem qualquer contrapartida da União ou do Estado. Além disso, pedimos à nova gestão da Sesacre um projeto para construção de um centro de hemodiálise em razão do que a nossa população enfrenta para buscar o tratamento em Cruzeiro do Sul. Tenho certeza que essa união beneficiará diretamente a população”, disse o gestor da pasta.


Participaram os representantes municipais das regionais do Alto e Baixo Acre e do Juruá.

Comentários


bottom of page