Com 28 mil pessoas afetadas pela enchente, prefeita Maria Lucinéia decreta estado calamidade pública


A prefeita de Tarauacá Maria Lucinéia (PDT) decretou estado de calamidade pública na tarde desta quinta-feira (18) por conta da enchente. As águas dos rios Tarauacá e Muru já atingiram mais de 28 mil pessoas, o que corresponde a 7 mil famílias nos bairros da cidade e parte da zona rural.


Na última quarta-feira (17), o município de Tarauacá teve o decreto de emergência reconhecido pelo governo federal através da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil.

A Prefeitura de Tarauacá, Corpo de Bombeiros, Polícias Civil, Polícia Penal e a Defesa Civil Municipal seguem auxiliando as famílias atingidas pela enchente. O plano de contingência tem sido executado para minimizar os impactos da cheia.


Nos abrigos, os voluntários se revezam para cuidar dos desabrigados. Atendimento médico, distribuição de refeições, entre outras ações estão sendo desenvolvidas pelas equipes.


Na mediação das 12 horas, o rio Tarauacá manteve o nível de 11 metros. Ou seja, atingiu 70% de todo município.